o riachense

TerÁa,
05 de Julho de 2022
Tamanho do Texto
  • Increase font size
  • Default font size
  • Decrease font size

Leandro resolve

Enviar por E-mail Vers√£o para impress√£o PDF

3ª jornada - divisão principal
Cartaxo 0 - Atlético 2

Esperava-se que esta fosse uma deslocação bastante difícil para as cores riachenses, contudo, a equipa do Atlético deu boa conta do recado, vencendo por duas bolas a zero no terreno do Cartaxo.


Este jogo marcou o regresso de Saul, após uma longa ausência por lesão. E à 4.ª jornada apareceu Leandro para resolver, começando finalmente a fazer esquecer o brasileiro Tamandaré.
Logo aos 3’, num canto marcado por Bruno Lemos, o avançado riachense aparece solto de marcação e de cabeça inaugura o marcador. Uma entrada fulgurante do Atlético, assim como o cabeceamento de Leandro que até partiu a cabeça.
A perder, o Cartaxo, tomou conta da partida, mas sem criar lances de perigo. A √ļnica e melhor oportunidade surgiu aos 21‚Äô, ap√≥s um mau atraso de Pedro Galrinho, com o guardi√£o riachense a rematar contra Diego Oliveira e a bola caprichosamente bate no poste.
Aos 30’, Marco Neves, num grande remate, quase aumentava a contagem. Até ao intervalo assistiu-se a um bom jogo de futebol, com as duas equipas a procurarem o golo.
Na etapa complementar, talvez por ter sido dia de trabalho para a maioria dos jogadores, o jogo baixou muito de ritmo. Mesmo assim, o Atlético era mais acutilante no ataque. Aos 73’, Bruno Lemos, numa grande jogada individual, isola Leandro, e este com grande categoria finta o guardião local e bisa na partida, matando o jogo.
Aos 78’, o Atlético vê-se reduzido a dez jogadores, devido à expulsão de Luís Carlos, por suposta agressão a um adversário. Com o Cartaxo em superioridade numérica, Cláudio Madruga aposta tudo, mas sem sucesso.
Já no final, o Atlético ainda poderia ter aumentado a vantagem, só que Miguel Luz isolado, não teve arte nem engenho para ludibriar Pedro Pereira.
Vitória justa do Atlético, já que foi a equipa que teve as melhores oportunidades. Já o Cartaxo não mostrou argumentos dignos de um candidato à subida.
Quanto a Frederico Rasteiro, mais uma vez, mostrou o seu maior handicap. Com a equipa em inferioridade num√©rica e vendo Miguel Luz e Marco Neves j√° esgotados, s√≥ nos descontos faz duas substitui√ß√Ķes, fazendo entrar Rafa e Jo√£o Ant√≥nio.
A equipa de arbitragem fez um bom trabalho, excepto na expulsão, algo duvidosa, de Luís Carlos.

Jogo na sexta à noite
Num fim-de-semana marcado pelas elei√ß√Ķes legislativas, o Atl√©tico viu-se obrigado a disputar o jogo frente ao Cartaxo num dia e hor√°rio pouco usual: sexta-feira, √†s 21 horas, no Cartaxo. De real√ßar as excelentes condi√ß√Ķes que o Est√°dio Municipal do Cartaxo proporciona a quem o visita.


Carlos Pereira

 
{highslide type="img" height="200" width="300" event="click" class="" captionText="" positions="top, left" display="show" src="http://www.oriachense.pt/images/capa/capa801.jpg"}Click here {/highslide}

Opini√£o

 

António Mário Lopes dos Santos

Agarrem-me, sen√£o concorro!

 

Jo√£o Triguinho Lopes

Uma história de Natal

 

Raquel Carrilho

Trumpalhada Total

 

António Mário Lopes dos Santos

Orçamentos, coisas para político ver?
Faixa publicit√°ria
Faixa publicit√°ria
Faixa publicit√°ria
Faixa publicit√°ria