o riachense

TerÁa,
05 de Julho de 2022
Tamanho do Texto
  • Increase font size
  • Default font size
  • Decrease font size

Filipe Sim√Ķes premiado no Amadora BD

Enviar por E-mail Vers√£o para impress√£o PDF

 
O jovem riachense e entroncamentense Filipe Sim√Ķes participou no concurso de cartoon do prestigiado Festival Internacional de Banda Desenhada da Amadora, na categoria de autores at√© 30 anos, e ficou no 3.¬ļ lugar, arrecadando assim o seu primeiro pr√©mio (350‚ā¨) enquanto desenhador, logo no que foi tamb√©m o seu primeiro concurso de cartoon. O j√ļri do concurso era constitu√≠do personalidades especialistas em BD e cartoon.
O premiado ‚ÄúA Revolu√ß√£o dos Cravos‚ÄĚ, feito digitalmente, foi um dos dois trabalhos que apresentou ao concurso de tema livre, tendo o outro tamb√©m acabado por se juntar ao premiado na exposi√ß√£o nos Recreios da Amadora, que teve a dura√ß√£o do festival (25 de Outubro a 10 de Novembro).¬†
Filipe Sim√Ķes (que para a maioria dos riachenses ser√° mais identific√°vel como neto do Manuel Carvalho Sim√Ķes), confessou que o melhor que a experi√™ncia lhe deu foi ‚Äúvontade de continuar e fazer coisas novas (..) ver as t√©cnicas dos mais variados autores a n√≠vel mundial e ver trabalhos ao vivo, aproximou-me imenso dessas t√©cnicas. Fez-me sentir um verdadeiro autor, porque senti que era capaz de fazer algumas daquelas coisas que antes n√£o me imaginava fazer.‚ÄĚ
Tamb√©m um intenso colaborador da Sociedade Velha Filarm√≥nica Riachense, Filipe est√° a desenvolver as t√©cnicas de ilustra√ß√£o e banda desenhada na escola Ar.Co, para ‚Äúsuprimir a falta de forma√ß√£o em desenho‚ÄĚ depois de ter andado tr√™s anos no curso de Som e Imagem nas Caldas da Rainha.
Aos 24 anos, apesar de a prioridade mais imediata ser apurar as t√©cnicas de desenho, preserva o velho desejo de fazer cinema de anima√ß√£o e argumento, que o levou √† escola das Caldas da Rainha. ‚ÄúTenho saudades de fazer isso‚ÄĚ, confessa, at√© porque ‚Äúescrever continua a ser uma das coisas que mais gosto de fazer, quer seja gui√Ķes ou outras coisas, mas sempre na √°rea do humor e do absurdo‚ÄĚ, disse-nos. Um dos seus sonhos √© a publica√ß√£o de um livro de textos soltos nesta √°rea: ‚ÄúDesde pequeno que tenho esse sonho de publicar um livro. E at√© acho que isso vem do facto do meu av√ī ter publicado o seu primeiro livro quando eu era pequeno‚ÄĚ, confessa.
Em termos de trabalhos para os olhos do p√ļblico, est√° tudo no seu¬†blogue Polissemiaslevas, onde publica regularmente os cartoons (a evolu√ß√£o da t√©cnica √© vis√≠vel) e tem o seu portef√≥lio de ilustra√ß√£o, anima√ß√£o e fotografia. Publica semanalmente um cartoon no Jornal Torrejano e tem na calha algumas exposi√ß√Ķes, nomeadamente no Entroncamento e na biblioteca de Torres Novas, em 2014.

Actualizado em ( Quarta, 27 Novembro 2013 11:15 )  
{highslide type="img" height="200" width="300" event="click" class="" captionText="" positions="top, left" display="show" src="http://www.oriachense.pt/images/capa/capa801.jpg"}Click here {/highslide}

Opini√£o

 

António Mário Lopes dos Santos

Agarrem-me, sen√£o concorro!

 

Jo√£o Triguinho Lopes

Uma história de Natal

 

Raquel Carrilho

Trumpalhada Total

 

António Mário Lopes dos Santos

Orçamentos, coisas para político ver?
Faixa publicit√°ria
Faixa publicit√°ria
Faixa publicit√°ria
Faixa publicit√°ria