o riachense

TerÁa,
05 de Julho de 2022
Tamanho do Texto
  • Increase font size
  • Default font size
  • Decrease font size

30 pintores animaram uma vila que precisa de mais dias assim

Enviar por E-mail Vers√£o para impress√£o PDF
Quem perdeu a oportunidade de ver em ac√ß√£o uma trintena de pintores, pode agora deslocar-se √† ‚ÄėGaragem das Artes‚Äô para ver a exposi√ß√£o resultante do evento Pintura ao Vivo, patente at√© fim de Junho.
Integrado nas comemora√ß√Ķes da eleva√ß√£o de Riachos a vila, foi um dia bem passado e interessante, tanto para os pintores locais como para os v√°rios que vieram na partilha de conhecimentos e pr√°ticas. Ant√≥nio J√ļlio real√ßava no final da tarde, que h√° uns melhores do que outros, uns com mais experi√™ncia e forma√ß√£o do que outros, mas que o que interessa √© a forma√ß√£o e a aprendizagem que se retiram deste dia. De facto, h√° pessoas que, com apenas semanas passadas desde que come√ßaram a pintar, denotam uma evolu√ß√£o impressionante. A motiva√ß√£o e o incentivo dado pela perten√ßa a este grupo t√£o din√Ęmico s√£o, sem d√ļvida, factores de grande crescimento individual para cada um dos pintores amadores, basta acompanh√°-los para perceber isso.
Em redor do Jardim da Vila e da sua palha seca que outrora foi relvinha fresquinha, num espaço com apenas dois anos, estiveram instalados durante todo o dia: Zé Manel Gonçalves, Conceição Lopes, Ana Triguinho, Carlos Madeira, Maria Clara, Carlos Antunes, Dadinha, Tess, Nokas, Massimo Esposito, Manela, MPL, Ana Isabel, Anet Sobko, Manuela Sentieiro, Ana Galamba, Maité dos Santos, Síssi, Maria da Luz Martins, Gisela Bento, António Paredes, Maria José Couto, Helena Neves, Dora Almeida, Toni, Miguel Martins, Mendes Pedro, Sílvia Marieta, Sandra Ventura, Maria Emília Galveias, Luís Carmo.
Ana Paula Jorge vai incutindo o bichinho nos mais pequenos, tendo dinamizado a oficina de express√£o pl√°stica para crian√ßas. Alguns mi√ļdos tamb√©m quiseram pintar no seu cavalete junto dos seus pais ou av√≥s. Fernando Gorj√£o, que se encontra na Noruega a trabalhar, fez quest√£o de estar presente com a sua √ļltima cole√ß√£o. A ‚ÄúAv√© Maria‚ÄĚ √© constitu√≠da por sete trabalhos a √≥leo.
Participaram tamb√©m: o grupo de Gastronomia, na confec√ß√£o do almo√ßo, o grupo Contadores de Hist√≥rias, atrav√©s de Manuel P√© Leve, o grupo ‚ÄúVozes d¬ī‚ÄôArt & NaR‚ÄĚ e os Boieiros do Museu Agr√≠cola. A Columb√≥fila tamb√©m participou ao ceder o sal√£o da para o almo√ßo da malta toda, e claro, a junta de freguesia.
Nas artes do petisco, o jornal o riachense trabalhou com mestria (modéstia à parte) na sua tasquinha, imprescindível para servir uns refrescos à malta num dia bem quente. 

 
{highslide type="img" height="200" width="300" event="click" class="" captionText="" positions="top, left" display="show" src="http://www.oriachense.pt/images/capa/capa801.jpg"}Click here {/highslide}

Opini√£o

 

António Mário Lopes dos Santos

Agarrem-me, sen√£o concorro!

 

Jo√£o Triguinho Lopes

Uma história de Natal

 

Raquel Carrilho

Trumpalhada Total

 

António Mário Lopes dos Santos

Orçamentos, coisas para político ver?
Faixa publicit√°ria
Faixa publicit√°ria
Faixa publicit√°ria
Faixa publicit√°ria