o riachense

Tera,
05 de Julho de 2022
Tamanho do Texto
  • Increase font size
  • Default font size
  • Decrease font size

Bênção do Gado terá programa recheado de actividades

Enviar por E-mail Versão para impressão PDF

 

O programa da Festa está a ser ultimado e conta com iniciativas de carácter muito diverso nos 12 dias de festança, ou seja de 19 a 30 de Julho. O programa vai ser recheado com muitas e diversas actividades. As actividades estão a ser programadas e vão ser levadas a cabo por um grande conjunto de riachenses e pelas suas colectividades. Aliás, muitas das actividades estão já a envolver a participação entusiástica de populares que pela primeira vez terão ocasião de participar de algum modo na Festa que é sua.

Uma das iniciativas está relacionada com um passeio de bicicletas antigas, as conhecidas pasteleiras, e vai ser um grande sucesso pois vai ter a participação de largas dezenas de riachenses com as suas bicicletas retiradas dos barracões onde repousavam o merecido descanso depois de anos de trabalho. E os mais velhos sabem a importância que a sua bicicleta teve na sua vida.

Também pela primeira vez irá haver cavalhadas, que são uma espécie de recreação com cavalos, uma espécie de gincana cavalar, se nos é permitida a expressão. Aliás, esta actividade é uma das várias que vai entusiasmar os adeptos dos cavalos e de tudo o que se relacione com a arte equestre.

Por outro lado, os moradores de várias ruas de Riachos estão já a trabalhar na concepção do embelezamento dos locais onde vivem. Desta vez, e devido às dificuldades que se fazem sentir em diversas ruas designadamente na escassez de gente nova capaz de se empoleirar em escadas altas, as opções de embelezamento estão a ser mais viradas para as frentes das casas e não para a cobertura das mesmas em altura com flores de papel.

Embora os trabalhos dos moradores de cada rua estejam a ser realizados em segredo, o riachense conseguiu apurar que há ruas que pela primeira vez vão ser embelezadas e outras que estão a organizar a sua própria animação. Outra das novidades relativamente ao embelezamento estará relacionada com a iluminação, porque numa altura de crise e de grandes dificuldades financeiras, é fundamental encontrar alternativas mais baratas para iluminar as ruas. Assim há ruas que serão iluminadas com tochas ou com outro tipo de iluminação que não sejam as gambiarras. Enfim, neste aspecto como noutros, muitas vezes o que é preciso á criatividade. E, felizmente, criatividade é coisa que não falta aos riachenses.

Pese embora as dificuldades financeiras que são sentidas um pouco por todo o lado, a Festa está a ser encarada como um valor íntimo dos riachenses e que não poderá deixar de ser evidenciado. A Bênção do Gado é o momento excepcional na vida desta comunidade para dar mostras do orgulho de ser riachense e mostrar as memórias que ligam este povo a esta terra, a todos os que visitam a Festa de todas as partes do mundo a sua arte de bem receber e

Porque, como dizia há algum tempo a conhecida Emília Miola, “Riachos não tem grandes monumentos nem coisas muito bonitas para se ver, mas o melhor que tem são as pessoas”. E é isso, essencialmente, que a Festa vai mostrar. 

 
{highslide type="img" height="200" width="300" event="click" class="" captionText="" positions="top, left" display="show" src="http://www.oriachense.pt/images/capa/capa801.jpg"}Click here {/highslide}

Opinião

 

António Mário Lopes dos Santos

Agarrem-me, senão concorro!

 

João Triguinho Lopes

Uma história de Natal

 

Raquel Carrilho

Trumpalhada Total

 

António Mário Lopes dos Santos

Orçamentos, coisas para político ver?
Faixa publicitária
Faixa publicitária
Faixa publicitária
Faixa publicitária