o riachense

Quinta,
25 de Maio de 2017
Tamanho do Texto
  • Increase font size
  • Default font size
  • Decrease font size

Património aos bocados

Património aos bocados
O Museu Agrícola de Riachos é a expressão da identidade rural riachense. Lá podemos observar objectos que testemunham, pela memória, as tecnologias agrícolas, as actividades profissionais, os quotidianos e modos de vida, unidos pela temática da agricultura e da ruralidade, que ainda vai identificando uma terra e uma região.
No entanto, esses mesmos objectos que constituem o espólio do museu, são também representativos de outros contextos e universos, podendo ser analisados pelos olhos da sistematização, da técnica, da origem ou da história. Esta é uma abordagem que mostra outras facetas dos objectos do MAR, para além daquelas que nos foram outrora úteis e que lá estão hoje registadas.
 

Cânhamo

Cânhamo

Existe no Museu Agrícola um espólio completo sobre a produção do cânhamo na região, composto por objectos e ferramentas (gramadeiras, espadelas, plantas) e documentação (fotografias, trabalhos académicos, publicações oficiais e revistas).

Actualizado em ( Sexta, 27 Fevereiro 2015 13:08 )

Continuar...

Cangas

Cangas

Uma das peças mais reproduzidas pelos artesãos do Museu Agrícola é a canga. Há-as às dezenas na oficina, desde em miniatura com diversos tamanhos, até às que são feitas segundo a escala real.

Actualizado em ( Sexta, 27 Fevereiro 2015 13:07 )

Continuar...

Latoaria

Latoaria

O Museu Agrícola de Riachos tem uma variedade notável de peças de latoaria, na sua maioria, construídas para utilizações relacionadas com o trabalho.

Actualizado em ( Sexta, 27 Fevereiro 2015 13:05 )

Continuar...

Arados

Arados

 

Assim que se entra no MAR observa-se, elevado na parede, um articulado, enegrecido e esbelto ser: o arado de tipo radial.

Actualizado em ( Sexta, 27 Fevereiro 2015 13:14 )

Continuar...

Opinião

 

João Triguinho Lopes

Uma história de Natal

 

Raquel Carrilho

Trumpalhada Total

 

António Mário Lopes dos Santos

Orçamentos, coisas para político ver?

 

João Triguinho Lopes

A grande feira de todas as contradições