o riachense

Quarta,
02 de Dezembro de 2020
Tamanho do Texto
  • Increase font size
  • Default font size
  • Decrease font size

Atlético recusa subida à 3.ª divisão nacional

Enviar por E-mail Versão para impressão PDF
Futsal masculino

O Clube Atlético Riachense foi convidado pela Associação de Futebol de Santarém, por indicação da Federação Portuguesa de Futebol, para substituir a Associação Solidariedade Social, Cultural e Recreativa de Gumirães, de Viseu, cujo clube recusou a subida à 3.ª divisão nacional de séniores de futsal.
Em comunicado, a secção de futsal do Atlético diz que declinou o convite pelo facto da resposta ter que ser dada num curto espaço de dois dias, limitando bastante a procura de apoios e patrocinadores. Por outro lado, a série em que seria integrado ainda é desconhecida, a que se junta o factor da falta de apoio, por parte da Associação de Futebol de Santarém para o policiamento, equipamentos, material desportivo, deslocações ou alimentação. Assim, “foi com enorme desgosto que o Clube Atlético Riachense, após ponderação de todos estes factores e sub-factores, foi obrigado a abdicar da subida de divisão”, pode ler-se no comunicado.
Segundo do documento, foi uma decisão muito difícil de tomar por parte dos directores do clube, pois havia um enorme desejo, tanto da direcção, como dos atletas e equipa técnica, em participar na 3.ª divisão nacional de futsal. No entanto, a direcção da secção está certa que esta foi a melhor solução que podia ter sido tomada de forma a não claudicar o futuro da modalidade dentro do clube.
A secção pretende competir na 3.ª divisão, mas primeiro pretende assegurar bases que suportem os encargos financeiros e desportivos, o que se prevê para um futuro próximo, estando já a trabalhar nesse sentido. Para já, o futsal masculino do Atlético Riachense “está vivo, organizado e mais motivado que nunca”, para mais uma participação no campeonato da 1.ª divisão distrital.

Plantel quase fechado
A secção já renovou com 10 jogadores do plantel que se classificou em segundo lugar e que chegou às meias-finais da taça do Ribatejo na época passada: Vítor Cartaxo e Tiago Moita (guarda redes), Nuno Galrinho e Daniel Batáguas (fixos), Bruno Jorge, Nuno Vieira Galrinho, Marco Gomes e Telmo Santos (alas), Hugo Ramos e Ruben Narciso (pivôs). Quanto a reforços, estão já assegurados Gonçalo (pivô) e Chinês (guarda-redes), ambos ex-Casa do Benfica em Golegã. Para fechar o plantel, falta ainda contratar um fixo e dois alas, “tarefa nem sempre fácil porque não pagamos a jogadores”, admite Carlos Lopes, responsável pela secção. Mesmo assim, o orçamento é de cinco mil euros, estando já garantida quase 50% dessa verba. O treinador continua a ser João Carlos, o adjunto é Luís Silva (Dragão) e Costa vai treinar os guarda-redes.
Está assim quase formado um plantel para disputar os primeiros lugares, embora Carlos Lopes espere uma época difícil devido à descida dos Patos e CAD Coruche da 3.ª divisão nacional. “Mas cá estamos para lutar”, remata.
A pré-época começa a 22 de Agosto e uma semana depois, no dia 27, às 18 horas, o Atlético realiza o primeiro jogo treino com o Fundão, da 1.ª divisão nacional, no pavilhão de Riachos. No dia 10 de Setembro terá lugar o torneio triangular com o S. Bento (AF Leiria) e Eléctrico da Ponte Sor (3.ª divisão nacional) e a 17 o Atlético apresenta-se aos sócios frente ao Cernache.   
 
{highslide type="img" height="200" width="300" event="click" class="" captionText="" positions="top, left" display="show" src="http://www.oriachense.pt/images/capa/capa801.jpg"}Click here {/highslide}

Opinião

 

António Mário Lopes dos Santos

Agarrem-me, senão concorro!

 

João Triguinho Lopes

Uma história de Natal

 

Raquel Carrilho

Trumpalhada Total

 

António Mário Lopes dos Santos

Orçamentos, coisas para político ver?
Faixa publicitária
Faixa publicitária
Faixa publicitária
Faixa publicitária