o riachense

Quarta,
02 de Dezembro de 2020
Tamanho do Texto
  • Increase font size
  • Default font size
  • Decrease font size

Atlético conquista Supertaça

Enviar por E-mail Versão para impressão PDF

Futsal feminino: raça continua
 
A equipa feminina do Riachense ganhou, no passado sábado, a Supertaça relativa à época 2009/2010 após derrotar a equipa da ACDR Paço dos Negros. O jogo decorreu no pavilhão da Chamusca e foi disputado até ao final, sempre com o resultado em aberto. No final, foram as riachenses a fazerem a festa e levar mais um “caneco” para casa.

A final da Supertaça do Ribatejo, disputada no passado sábado, na Chamusca, não teve muita assistência, mas os adeptos das duas equipas em prova fizeram-se ouvir. As equipas apresentaram-se num ritmo não muito elevado, característico de início de época. No início do jogo, ambas se procuravam conhecer e as jogadas dividiam-se entre uma área e outra. Após isso, o jogo acalmou e só viria a mudar quando a primeira parte ia a meio. Num passe longo para a área, Joana Lemos inaugurou o marcador. Se por um lado o golo deu alento à equipa de Riachos, por outro também a deixou um pouco insegura. Neste período, o Paço dos Negros reagiu, começando a rondar a baliza do Atlético com mais perigo. Chegou mesmo a ter oportunidades de golo, mas a guarda-redes riachense Inês Lopes assegurou a vantagem de 1-0 até ao intervalo.
O segundo tempo, a equipa de Paço dos Negros continuou à procura do empate, enquanto que o Atlético tentava matar o jogo. No entanto, foi a primeira que mais oportunidades de perigo criou. A equipa alvi-negra teve também situações de golo que não conseguiu concretizar. Quando o jogo caminhava para o final, a pressão da equipa dos Paços intensificou-se e a qualquer momento o resultado poderia alterar-se. Contudo, o golo que surgiu foi mesmo do Atlético, por Vera Raimundo. O tento veio confirmar e assegurar a vitória que a equipa havia de guardar até ao final do jogo.
O apito final suou e a Supertaça rumou para a vila de Riachos. Recorde-se que este troféu tinha fugido à equipa na época passada para o CEF, mas este ano não deixou que tal voltasse a acontecer. Esta foi a melhor forma da equipa campeã distrital iniciar as suas competições oficiais.
Depois de vencer frente a um forte opositor, que conta com duas jogadoras que já representaram o Riachense (Filomena Alcobaça e Sandra Gonçalves), o Atlético demonstrou que está preparado para mais uma época de alto nível, à semelhança das anteriores. Em oito anos de existência, o futsal feminino já venceu quatro campeonatos, quatro Taças do Ribatejo e quatro Supertaças.
No final, Emído Grilo, ex-responsável pela secção e João Cardoso, presidente da Junta de Freguesia de Riachos, foram convidados pela Associação de Futebol de Santarém para entregarem as taças e as medalhas às duas equipas. A seguir, a festa foi rija nas hostes riachenses.
O Atlético alinhou com: Filipa Ribeiro, Carla Cascão, Sandra Mesquita, Vera Raimundo, Vanda Botas, Margarida Tomás, Rita Martins, Ana Trindade, Raquel Abreu, Joana Lemos e Inês Tatiana.

Joaquim Ventura regressa para continuar a ganhar

Joaquim Ventura, 40 anos, regressou ao Atlético, após dois anos a treinar o futebol feminino do U. Tomar e o futsal masculino do Sp. Tomar. E não poderia ter começado melhor, pois logo no primeiro jogo oficial conquistou a Supertaça. “Conhecia bem o valor das adversárias e sabia que para vencer, era necessário anulá-las. As minhas atletas cumpriram o que lhes pedi e ganhámos”.
Quanto à nova época, o treinador só tem um objectivo: “Continuar a ganhar para disputar a Taça Nacional”.
  O plantel riachense não está fechado, até porque Joaquim Ventura ainda não tem duas jogadoras para cada posição: “Isso depende da direcção, mas sem apoios, é dificil”.

Jogo de apresentação

No dia 9 de Outubro o CAR fez a sua apresentação aos sócios, num jogo que reuniu cerca de duas dezenas de adeptos. A equipa convidada foi a Caranguejeira, equipa do distrito de Leiria Num ambiente descontraído e de festa, ou não se tratasse da apresentação da equipa, o jogo foi repartido por três partes. As riachenses perderam por 8-0 e as diferenças entre campeonatos foram evidentes. A velocidade e ritmo das adversárias foram notórios e a qualidade mostrada também. Os jogos de início de temporada servem de preparação e integração da equipa e foi o que aconteceu. A equipa do CAR continua a treinar e a preparar o campeonato que arranca na próxima semana, dia 23 de Outubro, mas o CAR folga na primeira jornada, o que significa que tem o seu primeiro jogo apenas no dia 30 ao receber a equipa da Linhaceira.

      
     

 
{highslide type="img" height="200" width="300" event="click" class="" captionText="" positions="top, left" display="show" src="http://www.oriachense.pt/images/capa/capa801.jpg"}Click here {/highslide}

Opinião

 

António Mário Lopes dos Santos

Agarrem-me, senão concorro!

 

João Triguinho Lopes

Uma história de Natal

 

Raquel Carrilho

Trumpalhada Total

 

António Mário Lopes dos Santos

Orçamentos, coisas para político ver?
Faixa publicitária
Faixa publicitária
Faixa publicitária
Faixa publicitária