o riachense

Segunda,
01 de MarÁo de 2021
Tamanho do Texto
  • Increase font size
  • Default font size
  • Decrease font size

Campe√£s dentro e fora do campo

Enviar por E-mail Vers√£o para impress√£o PDF
As futsalistas do Atlético Riachense tiveram de arregaçar as mangas de modo a conseguir angariar verbas para o sustento da secção, uma vez que esta época não teve qualquer apoio financeiro da direcção do Clube. Vendem rifas, calendários, fazem peditórios e organizam bailaricos, como aconteceu no sábado à noite, na Casa do Povo, onde festejaram a conquista de mais um título de campeãs distritais.
Em oito anos de existência, o futsal feminino já venceu mais títulos distritais que a equipa de futebol sénior ao longo de várias décadas. Desde 2002, as cachopas já acumularam quatro campeonatos, três taças do Ribatejo e três supertaças.
O √ļltimo campeonato foi festejado no s√°bado, depois de um in√≠cio de √©poca algo conturbado, onde o futuro da sec√ß√£o esteve em risco devido a falta de apoios financeiros.
Como tal, Em√≠dio Grilo, respons√°vel pelo futsal feminino, dedica este t√≠tulo aos s√≥cios e adeptos que ajudaram a sec√ß√£o: ‚ÄúAgrade√ßo a todos os riachenses que nos apoiaram. Andamos a pedir de porta em porta e n√£o existiu uma alma caridosa que recusasse. Quero tamb√©m agradecer aos nossos patrocinadores: Conde Marques, Claudiseguros, Luz & Irm√£o, Luzes, Sumarconta e Churrasqueira Cani√ßo‚ÄĚ.
Segundo Em√≠dio Grilo, para o sucesso foram decisivos a uni√£o do grupo, a harmonia entre atletas, muito trabalho e sobretudo a m√£o do treinador: ‚ÄúFoi o grande respons√°vel porque manteve o grupo muito unido‚ÄĚ.
No pr√≥ximo fim de semana, o Atl√©tico vai disputar a final four da Ta√ßa Ribatejo, mais um t√≠tulo que o respons√°vel quer trazer para Riachos. E para isso conta novamente com o apoio dos riachenses em Const√Ęncia: ‚Äú√Č para ganhar e a apelo aos s√≥cios e adeptos para irem puxar pela equipa que nos tem dado grandes alegrias. Em oito anos ganh√°mos dez t√≠tulos e esta √©poca ainda podemos vencer mais uma ta√ßa e uma superta√ßa‚ÄĚ.
Quanto √† Ta√ßa Nacional, uma prova bem mais dif√≠cil, os objectivos s√£o claros: ‚ÄúTemos dado uma boa imagem em √©pocas anteriores e este ano como j√° temos mais experi√™ncia, vamos tentar fazer o melhor poss√≠vel. Passar √† fase seguinte j√° n√£o seria mau‚ÄĚ.
O Atl√©tico vai ter que jogar com uma equipa de Castelo Branco, outra de Leiria e uma dos A√ßores. As desloca√ß√Ķes s√£o longas e onerosas, principalmente √†s ilhas. Para isso, √© preciso mais um esfor√ßo: ‚ÄúEstamos a organizar bailaricos e a vender rifas e calend√°rios para angariar algumas verbas‚ÄĚ, adianta Em√≠dio Grilo.
Paulo Mira vai abandonar o Atl√©tico no final da √©poca por motivos profissionais e Em√≠dio Grilo est√° j√° a acautelar a pr√≥xima temporada, apesar do futuro da sec√ß√£o depender da nova direc√ß√£o do Clube, que tem elei√ß√Ķes marcadas para 9 de Abril: ‚ÄúA contrata√ß√£o de um novo t√©cnico est√° bem encaminhada, mas como ainda n√£o est√° confirmada, n√£o adianto o nome‚ÄĚ.
Quanto a refor√ßos, o respons√°vel √© claro: ‚ÄúAs jogadoras que c√° est√£o chegam. Mas se vier alguma nova ter√° que ser melhor do que as que temos‚ÄĚ, finaliza.

Vitória em Fátima foi decisiva


Para Sandra Mesquita, capit√£ de equipa, este t√≠tulo teve um sabor especial. Depois do campeonato perdido para o CEF na √©poca passada, foi precisamente em F√°tima que o Atl√©tico embalou para a lideran√ßa: ‚ÄúO campeonato n√£o come√ßou muito bem, cometemos alguns erros, mas a vit√≥ria em F√°tima foi decisiva. O CEF tem uma excelente equipa e √© fant√°stico venc√™-la. Andamos muito tempo em terceiro lugar, mas su√°mos, lut√°mos, ganh√°mos e cheg√°mos ao final campe√£s. Como capit√£, aproveito para dedicar o t√≠tulo √†s minhas colegas, directores e sobretudo a Em√≠dio Grilo que fez um grande esfor√ßo pelo futsal‚ÄĚ.
No s√°bado √† noite, poucas horas depois da conquista do t√≠tulo, todo o plantel, directores e t√©cnicos, celebraram merecidamente no bailarico organizado na Casa do Povo. Logo no in√≠cio, Sandra Mesquita contou como iria ser a noite: ‚ÄúVamos festejar, dan√ßar e beber‚Ķ.√°guas (risos). Hoje √© excep√ß√£o e vamos abusar‚ÄĚ.
Apesar da festa, as futsalistas tamb√©m se envolveram na organiza√ß√£o: ‚ÄúComo n√£o h√° dinheiro, temos de lutar dentro de campo para ganhar jogos e tamb√©m c√° fora para angariar verbas‚ÄĚ, explicou a capit√£.
No pr√≥ximo fim-de-semana, Sandra Mesquita diz que a equipa vai dar o m√°ximo para conquistar mais um t√≠tulo: ‚ÄúVamos jogar a meia-final com SL Cartaxo, uma equipa muito boa, mas temos de trabalhar forte para chegar √† ganhar a final e conseguir a dobradinha‚ÄĚ.

Paulo Mira abandona

O t√©cnico Paulo Mira, treinador do Atl√©tico durante tr√™s √©pocas, vai sair do clube no final da temporada por motivos profissionais. Venceu dois campeonatos, uma ta√ßa e uma superta√ßa, apesar de nunca lhe ter sido exigido qualquer t√≠tulo: ‚ÄúTal como nas √©pocas anteriores, os respons√°veis apenas me pediram para fazer o melhor poss√≠vel em prol do esp√≠rito de grupo e da amizade, sem pensar em t√≠tulos. O grupo manteve-se unido e como prova disso, posso dizer que no fim dos jogos at√© vamos beber um copo. Mas n√£o nos podemos esquecer das responsabilidades desta equipa do Atl√©tico‚Ķque √© ganhar sempre. Tamb√©m queremos ganhar e temos vencido t√≠tulos‚ÄĚ.
Apesar do sucesso, a actual temporada tem sido algo at√≠pica, conforme explica o t√©cnico: ‚ÄúSa√≠ram algumas jogadoras e das que ficaram, quatro n√£o podiam treinar por motivos profissionais ou por causa da escola, jogando apenas ao fim de semana. Fazia treinos com sete ou oito atletas no in√≠cio da √©poca, mas depois come√ß√°mos a treinar com alguns jogadores do futsal masculino para ganhar mais ritmo. Trein√°mos bem e merecemos ganhar mais um t√≠tulo‚ÄĚ.
No que diz respeito √† Ta√ßa Ribatejo, Paulo Mira sabe que as suas jogadoras querem vencer o trof√©u e apesar de n√£o lhe ter sido exigido pelos respons√°veis, partilha da mesma opini√£o: ‚ÄúSeria ouro sobre azul conquistar a dobradinha‚ÄĚ.¬†
Quanto √† Ta√ßa Nacional, o treinador tamb√©m se mostra ambicioso: ‚ÄúH√° dois anos tivemos uma boa participa√ß√£o e este ano queremos melhorar, apesar irmos defrontar equipas muito fortes‚ÄĚ.

Actualizado em ( Quarta, 17 Mar√ßo 2010 19:54 )  
{highslide type="img" height="200" width="300" event="click" class="" captionText="" positions="top, left" display="show" src="http://www.oriachense.pt/images/capa/capa801.jpg"}Click here {/highslide}

Opini√£o

 

António Mário Lopes dos Santos

Agarrem-me, sen√£o concorro!

 

Jo√£o Triguinho Lopes

Uma história de Natal

 

Raquel Carrilho

Trumpalhada Total

 

António Mário Lopes dos Santos

Orçamentos, coisas para político ver?
Faixa publicit√°ria
Faixa publicit√°ria
Faixa publicit√°ria
Faixa publicit√°ria