o riachense

Sbado,
23 de Setembro de 2017
Tamanho do Texto
  • Increase font size
  • Default font size
  • Decrease font size

Orçamento Participativo na Golegã com oito propostas para o concelho

Enviar por E-mail Versão para impressão PDF
No ano de estreia do Orçamento Participativo no município da Golegã foram apresentados, durante o mês de Setembro, seis projectos distribuídos pelas três freguesias do concelho, com o Pombalinho a registar o maior número (3), seguido de Azinhaga (2) e Golegã (1) e ainda mais dois na vertente sub-18, ambos no Pombalinho, isto segundo a lista provisória divulgada no site do município.
Para a Golegã, o único projecto apresentado refere-se à requalificação dos passeios no bairro do Casal da Flores e o custo estimado é de 28 400 euros.
Na Azinhaga foram apresentadas propostas para o arranjo do parque infantil no jardim público (14 120 €) e uma proposta na área do desporto, intitulado “Azinhaga a movimentar para a saúde e bem-estar” (14 954 €).
No Pombalinho foram apresentados três projectos, mais modestos em termos de custo estimado, e que são os seguintes: criação de zona de lazer no Museu Rural (5 300 €), colocação de muro em chapa e mural na zona do Pátio do Neto (2 067 €) e requalificação da rua Carolina Infante da Câmara (4 844 €).
Finalmente, na vertente sub-18 foram apresentadas duas propostas, ambas no Pombalinho: parque e centro de treinos para cães (5 817 €) e zona de lazer e circuito de manutenção no parque de jogos (10 122 €).
Seguem-se agora os trâmites previstos no programa do Orçamento Participativo que vão desde a comunicação aos proponentes, seguida de um período de reclamações a decorrer até 4 de Novembro, e a apresentação final dos projectos sujeitos a votação.
Finalmente, a votação dos projectos decorrerá de 21 de Novembro a 9 de Dezembro (dias úteis), podendo consultar-se mais informações na página do município, em http://www.cm-golega.pt/autarquia/op .

Actualizado em ( Quinta, 24 Novembro 2016 12:24 )  

Opinião

 

António Mário Lopes dos Santos

Agarrem-me, senão concorro!

 

João Triguinho Lopes

Uma história de Natal

 

Raquel Carrilho

Trumpalhada Total

 

António Mário Lopes dos Santos

Orçamentos, coisas para político ver?