o riachense

Domingo,
29 de Novembro de 2020
Tamanho do Texto
  • Increase font size
  • Default font size
  • Decrease font size

Três projectos para Riachos vão a votos no Orçamento Participativo

Enviar por E-mail Versão para impressão PDF

Leia a defesa dos projectos, pelos seus autores

O que vão escolher os riachenses: um monumento, exercício físico ou higiene urbana?

Das mais de 83 propostas que chegaram à Câmara Municipal de Torres Novas, apenas 35 ficaram apuradas para ir a sufrágio, depois de terem sido avaliadas orçamental e tecnicamente por parte dos serviços municipais. Os projectos, para serem aceites, teriam de caber no orçamento designado para cada freguesia e serem passíveis de concretização pela Câmara ou através da adjudicação a uma empresa.

Esta primeira edição do Orçamento Participativo dotou para a freguesia de Riachos 18920 euros. Deram entrada 13 propostas, mas só três foram aprovadas e, depois de irem a votos entre os dias 1 e 15 de Novembro, só o vencedor será convertido em projecto concreto e executado.

Vamos então às três propostas: uma da área da cultura, outra na área do desporto e outra na área da saúde pública, sendo que duas delas se focam no Jardim da Vila (Tocha).

A primeira proposta já era conhecida, visto que os seus autores já a tinham anunciado. O Monumento ao Associativismo Riachense, do qual já aqui publicámos a maqueta elaborada por Gomes Pereira, Masofi e José Coêlho. A proposta ficou registada com o nome de Diamantino Maurício, um dos membros da comissão responsável pelo projecto, que também tem Farinha Paula, Rosa Pamole e José Manha. Esta comissão fez uma campanha para angariar fundos, há uns anos, para a implantação do monumento.

A peça chama-se Árvore Habitada e é um monumento em aço cortene, a colocar no Jardim da Vila. Destina-se a homenagear as colectividades ou pessoas que, pelo seu passado, têm elevado de forma inequívoca o nome de Riachos, para perpetuar a cultura riachense. O valor aprovado para este projecto foi o máximo: 18920€.

A segunda proposta chama-se Mais exercício, melhor saúde, equipamento de fitness ao ar livre. Trata-se da implementação de aparelhos de fitness ao ar livre, com o objectivo de proporcionar a toda a população a possibilidade de fazer exercício em aparelhos próprios no Jardim da Vila. O orçamento de 17200€ inclui a sete máquinas de fitness ao ar livre, bem como os trabalhos de instalação das mesmas.
José Júlio Ferreira e Telma Martinho fizeram esta proposta em separado, sendo que a Câmara resolveu fundi-las numa única proposta para ir a votos.

Por fim, existe uma proposta na área do saneamento e higiene urbana, designadamente para o Controlo da proliferação das colónias de felinos errantes. O objectivo é garantir o controlo da natalidade de cinco colónias de gatos existentes na vila, através da captura, esterilização e devolução dos animais ao seu habitat, e criação de abrigos para protecção e alimentação da colónia, assim como a produção e colocação de placas informativas nos locais das colónias, esterilizadas, e a elaboração de folhetos, a serem afixados em zonas estratégicas, com vista a sensibilizar e a esclarecer a população para os direitos dos animais e para as vantagens deste tipo de programa.

O projecto inclui também a aquisição de material específico para a captura dos animais, procedimentos cirúrgicos e recobro dos animais para posterior recolocação no ambiente. A proposta inicial de Maria do Céu Simas estimava um custo de cerca de cinco mil euros, mas os serviços veterinários da Câmara ajustaram o orçamento para 17900€. 

A votação é feita entre 1 e 15 de Novembro no portal da internet do Orçamento Participativo ou presencialmente na biblioteca municipal, na Câmara ou nas Juntas. Cada cidadão pode votar em vários projectos mas, claro, só uma vez em cada um.

As propostas defendidas pelos autores:

Actualizado em ( Domingo, 08 Novembro 2015 21:09 )  
{highslide type="img" height="200" width="300" event="click" class="" captionText="" positions="top, left" display="show" src="http://www.oriachense.pt/images/capa/capa801.jpg"}Click here {/highslide}

Opinião

 

António Mário Lopes dos Santos

Agarrem-me, senão concorro!

 

João Triguinho Lopes

Uma história de Natal

 

Raquel Carrilho

Trumpalhada Total

 

António Mário Lopes dos Santos

Orçamentos, coisas para político ver?
Faixa publicitária
Faixa publicitária
Faixa publicitária
Faixa publicitária