o riachense

SŠbado,
05 de Dezembro de 2020
Tamanho do Texto
  • Increase font size
  • Default font size
  • Decrease font size

Tiago Lousa e Alexandra Oliveira ganharam II Meia Maratona da Goleg√£

Enviar por E-mail Vers√£o para impress√£o PDF
Alexandra Oliveira sagrou-se bi-campeã da Meia Maratona da Golegã, visto que também cortou a meta em primeiro lugar no ano passado

As ruas da capital do cavalo animaram-se na Sexta-feira Santa, 3 de Abril, com a disputa da II Meia Maratona da Goleg√£ que trouxe √† vila quase duas centenas de atletas para correrem um percurso regulamentar de cerca de 21 quil√≥metros. Desta vez a meta foi instalada no mais carism√°tico local da povoa√ß√£o, junto √† igreja, em vez de no largo da C√Ęmara Municipal, onde esteve no ano passado.
 
Os louros do triunfo na prova foram para Tiago Lousa, do Clube de Atletismo de Ferreira do Zêzere, que foi o primeiro a chegar à meta, após um tempo de 1:14:32. Vítor Cordeiro (Portalegre) e Armando Monteiro (Povoense) foram segundo e terceiro, respectivamente, e Ricardo Moreira (Zona Alta) foi quarto e José Durão (CB Abrantes) quinto, entre os 233 atletas que completaram o percurso (267 no total).
 
Na vertente feminina, a vencedora voltou a ser Alexandra Oliveira, do N√ļcleo Sportinguista de Torres Novas, que fez um tempo de 1:26:58, melhor do que os 1:29:07 que fez no ano passado. A segunda e terceira posi√ß√Ķes foram, respectivamente, para C√©u Nunes e Liliana Baltasar, ambas do grupo Correr Lisboa.
 
Em termos colectivos, o triunfo foi para o UA Povoense, seguindo-se o CA Ferreira do Zêzere e o CR Amieirinhense a fechar o pódio, num total de doze equipas que se classificaram, isto é, que tiveram um mínimo de cinco atletas a completar o percurso. 
 
A meia maratona goleganense vai ganhando espa√ßo no calend√°rio do atletismo regional e esta segunda edi√ß√£o foi a prova disso mesmo, quer pelo n√ļmero de participantes, quer pelo entusiasmo e anima√ß√£o que gerou na vila.

Actualizado em ( Quinta, 16 Abril 2015 11:30 )  
{highslide type="img" height="200" width="300" event="click" class="" captionText="" positions="top, left" display="show" src="http://www.oriachense.pt/images/capa/capa801.jpg"}Click here {/highslide}

Opini√£o

 

António Mário Lopes dos Santos

Agarrem-me, sen√£o concorro!

 

Jo√£o Triguinho Lopes

Uma história de Natal

 

Raquel Carrilho

Trumpalhada Total

 

António Mário Lopes dos Santos

Orçamentos, coisas para político ver?
Faixa publicit√°ria
Faixa publicit√°ria
Faixa publicit√°ria
Faixa publicit√°ria