o riachense

SŠbado,
05 de Dezembro de 2020
Tamanho do Texto
  • Increase font size
  • Default font size
  • Decrease font size

O Quiosque de Torres Novas alia o bom de antigamente com o bom de agora

Enviar por E-mail Vers√£o para impress√£o PDF
Reabriu em Torres Novas um sítio carismático. Há muitos anos que nos habituámos a ver o Quiosque fechado, ali à ponta do parque de estacionamento do Virgínia, num local privilegiado em termos de exposição. 
Agora est√° finalmente aproveitado, depois de ter sido remodelado e aumentado, tornando-se num ‚Äúlocal obrigat√≥rio para saborear a tradi√ß√£o de Torres Novas com uma pitada de modernidade e qualidade‚ÄĚ, como o descrevem Catarina Almeida e Lu√≠s Aguiar, os propriet√°rios.
Há pequenas delícias como os frutos secos, o bolo de cabeça, o pastel Torres Novas (com amêndoa e figo), os cafés com natas, os chás Kusmi, para pequenos momentos de deleite. Mas também há alimentos mais substanciais, numa oferta até agora inexistente na cidade: sandes de salmão, de frango grelhado, de presunto e queijo da serra, de mozzarela com tomate, há sopa, saladas, e o famoso brunch, um pouco pequeno-almoço servido a meio da manhã composto por iogurte grego com fruta e mel, sumo natural, café ou capuccino, crepes, iogurte, croissant, pão, compotas, salada, ovos mexidos, bacon frito, farinheira e fruta. 
Al√©m das comidas reconfortantes, tamb√©m a criatividade e eleg√Ęncia da decora√ß√£o torna o espa√ßo acolhedor, com muitos objectos para onde olhar.
O projecto do Quiosque de Torres Novas já tem mais de dez anos, abriu no dia 23 de Julho e pretende ser um cartão-de-visita da terra, tanto em termos de imagem como alimentares. Quer ser também um ponto de passagem, onde as pessoas se habituem a ir buscar a refeição e o pão fresco (duas vezes por dia, de manhã e ao fim da tarde), para comer na esplanada, no jardim à beira-rio, ou em casa.

 
{highslide type="img" height="200" width="300" event="click" class="" captionText="" positions="top, left" display="show" src="http://www.oriachense.pt/images/capa/capa801.jpg"}Click here {/highslide}

Opini√£o

 

António Mário Lopes dos Santos

Agarrem-me, sen√£o concorro!

 

Jo√£o Triguinho Lopes

Uma história de Natal

 

Raquel Carrilho

Trumpalhada Total

 

António Mário Lopes dos Santos

Orçamentos, coisas para político ver?
Faixa publicit√°ria
Faixa publicit√°ria
Faixa publicit√°ria
Faixa publicit√°ria