o riachense

Segunda,
26 de Junho de 2017
Tamanho do Texto
  • Increase font size
  • Default font size
  • Decrease font size

Estatuto editorial

Enviar por E-mail Versão para impressão PDF
 
O Riachense é um órgão de informação generalista, de âmbito local e regional, com sede editorial na vila de Riachos, publicado simultaneamente em edições escrita e on-line, assumindo a modalidade e periodicidade de mensal.
Tem como meta a divulgação pública dos factos ou acontecimentos previstos na sua área de influência, a procura da sua melhor interpretação, a veiculação da opinião crítica de forma plural e dos justos anseios das populações, e ainda a manifestação oportuna das novidades, comentários e reflexões relativas às diversas áreas do conhecimento actual, numa tentativa de contribuir para a elevação do nível cultural do meio humano onde se insere.
Para isso, socorrer-se-á dos meios que forem julgados oportunos, sejam eles de cariz profissional, de mera colaboração de elementos especializados, ou de opinião de simples leitores, auto-comprometidos num bom uso de responsável liberdade e respeito social. 
O Riachense, sendo propriedade de uma Cooperativa Editorial independente de quaisquer outros poderes organizados, procurará assegurar a sua linha de trabalho segundo os princípios deontológicos do jornalismo, cumprindo as leis que regulem a sua actividade específica, e prosseguindo no pluralismo e complementaridade aberta de ideias, na busca de objectividade e de isenção, tendo bem presente a necessidade de não descurar a ética e a verdade. Tudo isto entendido como contributo para a convivência social e o crescimento humano e territorial.
Na prossecução dos seus objectivos, O Riachense toma em consideração não só a vida social da localidade riachense, como também a das povoações limítrofes, nomeadamente as dos concelhos de Torres Novas, Golegã e Entroncamento.
 
 

Opinião

 

João Triguinho Lopes

Uma história de Natal

 

Raquel Carrilho

Trumpalhada Total

 

António Mário Lopes dos Santos

Orçamentos, coisas para político ver?

 

João Triguinho Lopes

A grande feira de todas as contradições