o riachense

Quarta,
02 de Dezembro de 2020
Tamanho do Texto
  • Increase font size
  • Default font size
  • Decrease font size

Vinho Maximo’s premiado no Concurso Mundial de Bruxelas

Enviar por E-mail Versão para impressão PDF
Os vinhos biológicos da Sociedade Alveirão, com sede e adega no Chícharo, Olaia, e nossos habituais parceiros, continuam a consolidar-se no mercado, com a ajuda regular de presenças em feiras de vinhos em todo o mundo e também de alguns prémios que vão amealhando.
O Maximo’s Touriga Nacional, colheita de 2009, ganhou uma das 14 medalhas de prata atribuídas a vinhos do Tejo no Concurso Mundial de Bruxelas, que se realizou este ano em Bratislava, Eslováquia, com mais de 8000 vinhos à prova, vindos de 50 países. Os vinhos portugueses obtiveram 288 medalhas (menos nove do que no ano passado, em que o vinho São João Baptista, da Quinta de São João Baptista, ou Caniços, saiu com grande destaque).

 
{highslide type="img" height="200" width="300" event="click" class="" captionText="" positions="top, left" display="show" src="http://www.oriachense.pt/images/capa/capa801.jpg"}Click here {/highslide}

Opinião

 

António Mário Lopes dos Santos

Agarrem-me, senão concorro!

 

João Triguinho Lopes

Uma história de Natal

 

Raquel Carrilho

Trumpalhada Total

 

António Mário Lopes dos Santos

Orçamentos, coisas para político ver?
Faixa publicitária
Faixa publicitária
Faixa publicitária
Faixa publicitária